FESCC - 8º Festival de Corais de Catanduva
O MAIOR EVENTO DE CANTO CORAL DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO

Saiba Mais

Whatsapp

O Festival

O FESCC – Festival de Corais de Catanduva - é um evento coral que está na sua 8ª edição, acontece na cidade de Catanduva e se tornou referência nacional.
O Festival não é competitivo e não tem por finalidade a premiação, mas sim desenvolver a cultura de nosso país e principalmente da cidade de CATANDUVA e interior do Estado de São Paulo, incentivar a manutenção de grupos de canto coral brasileiro, colaborar com a formação de novos grupos corais, estimular a prática do canto coral e democratizar o acesso à Cultura.
Esta edição é realizada através do Ministerio do Turismo, Secretaria Especial de Cultura, Governo Federal. Patrocínio Oficial da Itaipu Transformadores e Tietê Agroindustrial.
O FESCC, além da semana cultural, também possui um projeto com aulas gratuitas que acontece o ano todo, proporcionando formação para crianças e adolescentes participantes da cidade de Catanduva e cidades vizinhas.
O projeto de aulas tem incentivo do Ministério do Turismo, Secretaria Especial de Cultura, Governo Federal.

Visão
O Festival tem como objetivo, através do canto coral, elevar o conhecimento e enobrecer o ser humano através da arte, na Cidade de Catanduva atingindo todo o Estado de São Paulo e outros Estados do país contribuindo para a construção de um mundo melhor.


Missão
O Festival tem como missão o desenvolvimento da atividade canto coral no Estado de São Paulo, valorizando a formação musical de excelência e desenvolvimento pessoal e cultural das crianças, adolescentes e adultos, tornando-os felizes.


Onde
O FESCC acontece, em 2021, em formato presencial, no Clube de Tênis de Catanduva.


Quando
O Festival vai acontecer nos dias 22, 23 e 24 de novembro de 2021.


Realização
O FESCC - Festival de Corais de Catanduva - é uma realização do Conservatório Santa Cecília de Catanduva-SP, com patrocínio das empresas Itaipu Transformadores e Tietê Agroindustrial.

Confira os melhores momentos das edições anteriores FESCC

Os Profissionais

Eduardo Fernandes - Laboratório

Eduardo Fernandes - Laboratório

Eduardo Fernandes é graduado em música, Fagote, pela UNICAMP.Em 2003 concluiu mestrado na USP, com a dissertação “O Arranjo Vocal de Música Popular em São Paulo e Buenos Aires”.Atua, como professor convidado, nas áreas de Regência e Percussão Corporal, de diversos festivais e cursos de música pelo Brasil, como: Festival de Corais de Catanduva (FESCC / SP), Laboratório Coral de Itajubá (MG), Painel de Regência Coral da FECORS (RS), Fórum RioAcappella de Música Vocal (RJ), entre outros.É regente do CORALUSP XI de Agosto, do CORALUSP 12 em Ponto, do Coral UNIFESP e do Coral Gogós.

Nestes grupos apresentou os espetáculos: “O Grande Circo Místico” de Edu Lobo e Chico Buarque, “A Vanguarda Paulista dos anos 80”, “A Era do Rádio”, “Anos 70 um Caleidoscópio Sonoro”, “Cinco Olhares sobre Lenine” entre muitos outros. Com o Coral UNIFESP gravou os CDs – “Os Saltimbancos e Outros Bichos” de Chico Buarque, e “Os Afro-Sambas” de Baden Powell e Vinicius de Moraes.Em 2014 foi convidado pelo do Coral da UFMT para montagem e apresentação do programa: “Coral UFMT Canta Chico Buarque”. Em 2019 foi convidado para reger o Coral Juvenil do Projeto Guri Santa Marcelina onde, junto com Reynaldo Puebla, apresentou e dirigiu o espetáculo: “Tempo Compositor de Destinos” no Teatro São Pedro e no Theatro Municipal de São Paulo.Tem dois artigos sobre música popular brasileira publicados na revista Desvendando a História: “Anos 70 um caleidoscópio sonoro” e “Getúlio Vargas e a manipulação do samba”.Publicou artigo sobre arranjos corais de música brasileira na revista International Choral Bulletin, e é autor de um capítulo do livro: “A arte da técnica vocal 2” organizado pela professora e cantora Cíntia de Los Santos lançado em 2020. Desde 2018 é Diretor Artístico do CORALUSP.

Reynaldo Puebla - Laboratório

Reynaldo Puebla - Laboratório

Diretor e ator de teatro, graduado em Mendoza, Argentina.No Brasil, continua sua formação através de cursos e pesquisas.Notório Saber de Ator e Diretor - outorgado pelo SATED, Sindicato Artistas Técnicos em Espetáculos Diversões SP.

Dedica-se a coros há muitos anos, preparando-os para um canto expressivo. Dirige e monta espetáculos em empresas, universidades, escolas e encontros de coros. Utiliza a arte cênica como instrumento de educação onde o indivíduo é estimulado a se expressar com o corpo, a voz e as emoções.É autor do livro “O Canto em Cena, Expressão Cênica para Canto Coral”.

Juliana Ripke - Workshop e Laboratório

Juliana Ripke - Workshop e Laboratório

Juliana Ripke é pianista, compositora e arranjadora Juliana Ripke é doutoranda e mestre em musicologia (Teoria e Análise) pela Universidade de São Paulo (ECA-USP) sob orientação do Prof. Dr. Paulo de Tarso Salles; bacharel em Piano pela Faculdade Cantareira sob orientação do pianista cubano Yaniel Matos; e tecnóloga em Piano pela Fundação das Artes de São Caetano do Sul.

Foi professora de piano do curso preparatório da Faculdade Cantareira; pianista correpetidora dos corais, alunos de canto erudito e turmas de musicalização no Instituto Baccarelli; professora na EMESP (Escola de Música do Estado), onde também dava aulas de teoria e treinamento auditivo, e pianista, compositora e arranjadora do Coral Jovem do Estado de São Paulo.

Em ambas as instituições tocou em importantes concertos em diversos teatros de São Paulo como Sala São Paulo, Theatro Municipal de São Paulo, Auditório do Masp, etc. Além disso, teve suas composições estreadas em importantes concertos na Sala São Paulo, Auditório do Masp, Theatro Municipal de São Paulo, dentre outros.

Atualmente, é membro integrante do PAMVILLA (Perspectivas Analíticas para a Música de Villa-Lobos), grupo de estudos dedicado à reavaliação e reinterpretação da obra de Heitor Villa-Lobos, editora assistente da Revista Música (Revista do Programa de pós-graduação em Música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo) e tem também realizado trabalhos como compositora e arranjadora de diversos corais infantis, jovens e adultos, bem como diversos recitais relacionados ao tema da sua pesquisa de doutorado, que são as conexões entre Heitor Villa-Lobos e Tom Jobim.

Ana Abe - Laboratório

Ana Abe - Laboratório

Graduada em Publicidade.Desde 2009, desenvolve atividades associadas à produção e montagem de espetáculos de teatro e expressão cênica para canto coral Assessoria em figurinos, adereços e visagismo.Participa na criação de montagens como assistente de direção.

Carolina Milani - Laboratório e Produção

Carolina Milani - Laboratório e Produção

Pianista formada pelo Conservatório Santa Cecília – Catanduva-SP em 2011, onde começou sua atuação profissional como professora de piano. Tem-se dedicado ao canto coral desde 2014, participando de muitos Festivais por todo Brasil e pela Europa. Com especialização em Regência Coral, se dedica aos Corais do Projeto de Canto Coral de Catanduva - Corais Infantis e Juvenis e atua como Regente titular do Coral Juvenil FESCC – iniciante. Destaca-se também por ser responsável na área de educação musical (para bebês e infantil), como coordenadora pedagógica dos cursos no Conservatório.

Advogada e Licenciada em Música, atualmente, também atua como produtora cultural - CM Cultural.
Faz parte da equipe da direção, coordenação pedagógica e musical do FESCC – Festival de Corais de Catanduva que, neste ano de 2021, está na sua 8ª edição.

Marcela Milani

Marcela Milani

Pianista formada e especializada pelo Conservatório Santa Cecília – Catanduva-SP em 2008, onde começou sua atuação profissional na área musical. Tem-se dedicado ao canto coral desde 2012, participando de muitos cursos, Festivais por todo Brasil e Europa.

Com especialização em Regência Coral pela Alpha Cursos e aluna especial de regência coral do professor Dr. Julio Moretzsohn, se dedica aos Corais do Projeto de Canto Coral de Catanduva - atua como Regente titular do Coral Infantil e Coral Juvenil Fescc Catanduva.

Advogada e especialista em direito tributário, também atua como produtora cultural no interior de São Paulo através da CM Cultural.

Idealizadora do FESCC – Festival de Corais de Catanduva que, neste ano de 2021, está na sua 8ª edição.

Patricia Supi

Patricia Supi

Formada em Piano Erudito pelo Conservatório Santa Cecília - Catanduva-SP e Pedagogia com Administração Escolar pela IMES Catanduva.

Foi aluna especial de Harmonia e Contraponto do H.J.Koellreutter e foi aluna durante dez anos da pianista Lydia Alimonda. Estudou a Técnica Pianística Heitor Alimonda com o próprio Prof. Heitor Alimonda. Atualmente, atua como Diretora Pedagógica do Conservatório Santa Cecília de Catanduva-SP e atua na Direção de Produção do FESCC - Festival de Corais de Catanduva.

Seja um colaborador

Clique aqui e faça parte de um grupo que apoia o FESCC

Programação 2021

24

Nov

Concerto Final

Clube de Tênis Catanduva

Início às 19h30

Fescc

Lei

Lei de Incentivo à Cultura
Proac

Patrocínio Ouro

Itaipu
Tietê

Produção

CM Cultural

Realização

Santa Cecília
govSP
secretaria 2

Parceiros

Bios
SkyNew
Castellana
DBM
Gluck Pianos
Diário Painéis
Chiquinho Sorvetes
Ibis Catanduva
Clube de Tênis
Qualycon
Unimes
Facilita
Bertoleto
Jobem Pan
Cocam
Ibirá

Apoio

Prefeitura de Catanduva
NOVABRACO